Meu amigo, o jegue(Mein Freund, der Esel)

Curiosidades
Desmistificando a má fama do burro

 

Burro, asno, jumento, jegue, jerico?
Será que o burrro é burro mesmo?
Durante séculos o jegue foi um animal muito estimado no nordeste brasileiro. Principalmente no sertão era ele o companheiro de trabalho,  um meio de transporte,  a mão direita e o amigo de seu senhor.
Hoje, o pobre, é ofendido pelos ignorantes, que o chamam de burro. Mas quem tem miolo na cabeça sabe que o jumento é muito do inteligente. Além de ser muito simpático, o animalzinho merece elogios e carinho.
Em alguns estados do nordeste, como Pernambuco e Alagoas, há a Corrida do Jerico todos os anos.
Em cidades pequenas o povo se reune na praça para esse evento festeiro dos jumentos. A criançada adora e os adultos festejam a bagunça.
Há inclusive um prêmio em dinheiro para os vencedores e até patrocinador.
Até os mineiros resolveram entrar na onda também:
Foi na Festa das Folia dos Reis em Alto Belo,  Bocaiúva, MG. Realizada sempre no primeiro fim de semana após o Dia de Reis (6 de janeiro), a festa atrai turistas de todo o Brasil.
A comemoração, que completa 25 anos em 2007, é um resgate da memória folclórica para as novas gerações. A tradição cultural do Norte de Minas é comemorada em diversas atividades durante o evento.
O jumento vira simbolo dos otimistas
Fonte da foto: jumentoatomico.blogspot.com
“Sim, você pode!”
Esse foi o slogan da campanha eleitoral em 2009 do presidente dos Estados Unidos Barack Obama.
Agora o slogan foi imortalizado com a imagem do nosso amigo, o jegue.

 

Pois  o burro não é burro não?
Quem num entende isso, num é sabidão.
Ao contrário do que muitos dizem, o burro é um animal muito do esperto. Ele sabe o que quer e faz o que pensa.
O burro é um ser importante para a sociedade. Ele é útil, ajuda o meio ambiente com seu trabalho ecológico e, além de muito simpático, gosta de viajar para levar um sorriso a quem o encontra. O burro é solidário. Nós temos muito que aprender com ele.
Seja branco ou seja preto,
pobre ou seja rico,
brega ou chique,
seja na Caatinga, na Ásia ou Europa
nobre de Euro na mão
Real minha paixão
de ver o jegue por esse mundão.
O burro em Cumbuco (Ceará-Brasil) e seu cavaleiro:        
                                                         
Foto: Linderberger – Cumbuco-CE 2005
Cearense pasma ao ver passeio de burro nos arredores da famosa Torre Eifel, em Paris (França):
Foto: Fábia Paz – Vanda em Paris 2008
Curso para aprender a montar em burrinho encantaca a criançada em Stuttgart, na Alemanha:
O nome dos simpáticos animaizinhos: Pepe e pepino.  O curso pode ser reservado para grupos  (para mães e filhos).
Camuflado. Um Jumento com uma carga de erva em Sebisto, Tayikistán:
Nozim Kalandarov / Reuters
Corrida de jerico
Pois é verdade. No estado de Pernambuco (nordeste do Brasil), na cidade de Panela inventou-se a Corrida de jegue.
Assista ao vídeo e veja uma história da corrida em versos. Divirta-se.
    
 
Músicas com esse animalzinho simpático
Genival Lacerda – De Quem e Esse Jegue (Versão eletrônica)
width=”425″ height=”344″>http://www.youtube.com/v/mv2RoPImUxk&hl=de&fs=1&”> name=”allowFullScreen” value=”true”>http://www.youtube.com/v/mv2RoPImUxk&hl=de&fs=1&” type=”application/x-shockwave-flash” allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true” width=”425″ height=”344″>
 
Piadas com o jegue
Há muitas piadas de portugueses e brasileiros chamando um ao outro de burro, assim como inúmeras outras piadas racistas e obscenas como este animalzinho simpa´tico. Estas não serão mencionadas aqui, já que a intenção é incentivar o bom humor e não o preconceito.
O burro morto
Um burro morreu bem em frente duma Igreja e, como uma semana depois, o corpo ainda estava lá, o padre resolveu reclamar com o Prefeito.
– Prefeito, tem um burro morto na frente da Igreja há quase uma semana!
E o Prefeito, grande adversário político do padre, alfinetou:
– Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de cuidar dos mortos?
– Sim, sou eu! – respondeu o padre, com serenidade. – Mas também é minha obrigação avisar os parentes!
Expressões populares
– ser um burro/asno/jumento/jegue/jerico = ser pouco inteligente/não ser inteligente (significado muito ofensivo)
Ele é um burro.
Seu burro!
Ela é mais burra que uma porca.
– o pai dos burros = o dicionário
OBSERVAÇÂO : O dicionário não é o pai dos burros, como muitos dizem, ele é o pai dos inteligentes porque os burros não têm inteligência suficientes para abrirem o dicionário.
Anúncios

Sobre Mª Fábia P. V. Willems

Professora & tradutora de Português e Alemão. Ama as letras, é curiosa e gosta de fotografar. Quer compartilhar conhecimento, trocar experiências, fazer novos contatos e buscar novas oportunidades de trabalho.
Esse post foi publicado em 2.4 Português para avançados (Portugiesisch für Fortgeschrittene C1-C2), 4.5 Sociedade brasileira (Brasil. Gesellschaft), 7 ATUALIDADE & CURIOSIDADES (Aktuelles & Kurioses) e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s