Curiosidades: Alemanha manda cobrar taxa de TV & Rádio pra cachorros (GEZ-Rundfunkbeitrag für die Hunde)

Por: M. Fábia P. V. Willems

Olá, fãs da Alemanha! Oi, fãs do Brasil que estudam português! Gente curiosa, atenção! Esse artigo é para vocês!

O país das mil e uma regras agora se superou mais uma vez. Querem que até cachorro pague para assistir tv!

😱 Pára tudo! Como é que é?

Conheça esse história e mate sua curiosidade sobre cachorros, tv & rádio na Alemanha.

Boa leitura!

gez_f_hunde2015a1

Você sabia que a tv livre na Alemanha também é paga? Como assim? Segundo os órgãos competentes, isso é necessário para financiar-se a tv livre e o rádio. A taxa é chamada de GEZ-Rundfunkbeitrag. Quer ver tv ou ouvir rádio na Alemanha? Tem que pagá-la!

Todo mundo paga a taxa de Tv & Rádio?

Sim, chegou na Alemanha, fez seu registro de morador  na prefeitura? Pois espere uns dias e receberá uma conta para pagar. Há quem tenha recebido a “maldita” em 3 dias! Não tinha dado tempo nem para mobiliar a casa ou abrir uma conta num banco e a notinha já estava lá.

Como são as regras da GEZ?

As regras da  GEZ  deram pano pra muitas mangas e prometem dar pra muitas outras ainda.

Houve um tempo em que pagamento era por família e quem dizia não ter tv, não pagava. Com isso, a arrecadação não era como o governo esperava.

Depois inventaram de querer cobrar por pessoa. Imagine que se numa casa vivessem 10 pessoas, a família teria que pagar 10 taxas. Foi o maior babafá. Até os próprios “especialistas” do GEZ chegaram a essa brilhante conclusão, após protesto da população, que a ideia era de jerico! Decidiram então cobrar a taxa por residência.

Como era antes da obrigatoriedade da taxa?

Há uns 20 anos atrás era quase assim: pagava quem quisesse. Mas, a regra era, quem tinha tv ou rádio deveria pagar a GEZ.

Como alguns eram “espertinhos” e diziam não assistir tv nem ouvir rádio ao receber a notinha, recusando-se a pagá-la,  o governo mandava fiscais baterem na porta dessas pessoas para verificarem a falta telinha ou radinho. Claro que nem todos permitiam essa invasão de privacidade. Os que o permitiam, escondiam os aparelhos quando um fiscal se identificava pelo interfone.

A mentira durava pouco, pois o governo mandava vãs equipadas com um tipo de antena parabólica no teto circularem pelos bairros com a finalidade de captar quem estava recebendo o sinal ilegalmente. Aí o cidadão recebia uma conta pelo correio e tinha que pagar a taxa mesmo. E não tinha mais chororô não.

Mudanças na lei: Taxa para todos

Para obrigar toda a população a pagar a “odiada”,  a lei foi alterada em 2013 e foi o maior fuziê.

Há quem argumentasse nunca ter possuído uma tv na vida; outros diziam nunca ouvir rádio. Por que pagar essa taxa então?

“Porque tem gente que tem computador e se pode ver tv e ouvir rádio online também”, respondiam os fiscais do governo.

Argumentos à parte, a taxa tem que ser paga e ponto final.

Quanto custa a taxa atual?

Atualmente a taxa cobrada é de 17,50 Euros por mês. Gente! São 210 Euros por ano! Deficientes pagam 5,83 e quem está em situação financeira difícil, desempregado (Arbeitslos) ou vivendo de seguro social (Hartz IV), por exemplo, está isento da bendita taxa. Leia mais a respeito das regras da GEZ para 2015 aqui.

O que é feito com o dinheiro das taxas?

Com o dinheiro arrecadado promete-se melhorar a programação, financiar mais filmes e séries nacionais, investir em programas culturais, diminuir os comerciais etc.

Bem, tenho que dizer não ter percebido grande mudança até hoje. É um tal de reprisar séries e filmes antigos até em preto e branco que irrita, porém não adianta reclamar.

ALGUMAS DAS HISTÓRIAS INCRÍVEIS SOBRE A TAXA DE TV E RÁDIO ALEMÃ: A “GEZ”

3° Lugar 😱 😱 😱 

Visita inesperada: Fiscal na minha porta!

Na minha casa, essa taxa sempre foi paga exemplarmente. Porém, anos atrás, uma senhora bateu na minha porta. Dizia ser da GEZ e queria fazer algumas perguntas.

Eu disse que pagávamos tudo diretinho e ela, mesmo sabendo disso, teria que fazer umas perguntinhas.

A senhorinha, de cara séria, óculos pretos, com prancheta e caneta na mão, começou o interrogatório.

Perguntou minha profissão e, quando me ouviu dizer ser autônoma, levantou os olhinhos que foram crescendo e brilhando no formato do símbolo do Euro. Aí ela quis saber se meu marido providenciava algo para o meu trabalho e, mesmo dizendo que eu mesma era capaz de organizar tudo para meu trabalho, ela queria cobrar uma taxa extra da GEZ. Afinal, autônomos são praticamente uma firma e para elas a regra é outra.

Para resumir, eu disse a ela que se nós recebêssemos mais uma conta para pagar, ela receberia notícias do meu advogado e que não aceitaríamos de forma alguma aquele absurdo. A fiscal se foi e a conta não chegou até hoje.

2° Lugar😱 😱 

 Taxa para enfermos que perderam o contato com a realidade

Imagine que até os vovozinhos que vivem em clínicas ou casas de idosos, mesmo em estado vegetativo e não tendo como assistir tv recebem uma conta da GEZ. Não acredita?

Pois aconteceu com um membro de minha família! Tivemos que escrever uma carta para a GEZ explicando a situação, anexamos o atestado médico e entramos com recurso. No final, aceitaram anular o registro na central.

1° Lugar 😱  

O caso mais inacreditável do país: O dia que mandaram uma nota fiscal para um cão! 

Isso mesmo. Para um cachorro!

O dono do Janosch ficou de queixo caído ao abrir sua correspondência e viu uma conta de 53,96 Euros para pagar. Tudo bem que alguns cachorrinhos gostam de assistir uma tv, mas daí a querer cobrar uma taxa do dono para tal? O fato ocorreu em  Coblença (em alemão Koblenz), no estado de Renânia-Palatinado (em alemão Rheinland-Pfalz) e foi motivo de muitos risos.

O porta-voz da GEZ também ficou pasmo e explicou que alguém inscreveu o cachorro com nome e sobrenome (Janosch Städler), o que causou a confusão. Tudo não passarade um mal entendido e a conta do cachorro já foi cancelada. Por fim, Christian Städtler, dono do cachorão, pode respirar aliviado.

Se quiser, pode ler essa história do cão (totalmente real!) ou saber mais sobre a taxa GEZ em alemão, clique abaixo:

 

Precisar de um dicionário (Brauchst du ein Wörterbuch dafür)? Hier sind ein paar Tipps für dich:


Quer saber mais detalhes sobre Coblença (Koblenz)?

Localize a cidade do lindo cãozinho Janosch no mapa abaixo:

bundeslaender-deutschland


Que tal conhecer virtualmente a cidade de Coblença, na Alemanha?

Koblenz, Rhineland Palatinate, Germany – Moss Travel TV – Em inglês

 

Visite a página web da cidade em alemão, inglês, francês, italiano e holandês:

 

Gostou do nosso artigo? 

Pois assine o LINGUACULTURA por email gratuitamente ou siga-nos nas Redes Sociais!

 banner_linguacultura2016mai

 

Anúncios

Sobre Mª Fábia P. V. Willems

Professora & tradutora de Português e Alemão. Ama as letras, é curiosa e gosta de fotografar. Quer compartilhar conhecimento, trocar experiências, fazer novos contatos e buscar novas oportunidades de trabalho.
Esse post foi publicado em 5.1 Dicas de Alemão (Tipps zum Deutsch lernen), 5.3 Sociedade (Gesellschaft), 7 ATUALIDADE & CURIOSIDADES (Aktuelles & Kurioses) e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s